bruges2

BRUGES – DESBRAVANDO UMA CIDADE MEDIEVAL

No nosso segundo dia em Bruges continuamos desbravando essa charmosa cidade medieval. Anotamos várias dicas pra quem quiser ir lá conhecer:

ONDE COMER

Como Bruges é uma cidade turística, os restaurantes são carinhos, principalmente os mais centrais, em torno da praça Grote Markt. Então a dica é andar pelas ruas menores pra achar lugares mais baratos. Fomos almoçar num lugar assim, que achamos sem querer:

DE BRETOEN PANNENKOEKEN

Ezelstraat 4, Bruges
Esse pitoresco café/restaurante serve crepes deliciosos e grandes. Eles são feitos por uma senhorinha com uma engraçada cara ranzinza, numa grelha que fica no meio do salão. Muito bom e com preços bem melhores que do que da maioria dos restaurantes por lá, saiu em torno de 10 euros por pessoa. Bebemos cidra numa caneca de cerâmica numa mesa decorada por antigas flores de plástico, um clima de casa de vó. Recomendamos!!

Perca a Novela

GANZESPEL

Ganzenstraat, 37, Bruges
As mexicanas das quais falamos no post passado nos deram outra dica boa e barata de restaurante, o Ganzespel, que fica escondido numa rua estreita; não chegamos a ir, mas elas disseram que vale a procura, um prato com salmão custa uns 10 euros, sendo que não tínhamos visto por menos de 20!

O QUE FAZER

 

CANAL DJIVER

Fomos caminhando pela beira da margem do Canal Djiver desde a parte sul da cidade, perto da estação de trem, até o cento, rendeu cenários deslumbrantes. Também é possível fazer passeios de barco pelo canal.

Perca a Novela 

MUSEU GROENINGE

Site
Dijver 12, Bruges
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h30 as 17h (fechado de segunda)
Preço da entrada: 8 euros
Esse museu foi construído em 1930 para dar abrigo à enorme coleção de pintura e arte sacra pertencente à cidade (da época em que a cidade era um polo artístico). O museu fornece uma visão geral da história da arte belga, com destaque para arte flamenga. Neste museu você verá obras primas de Jan van Eyck e Hieronymus Bosch, entre outros.

Perca a Novela

CHOCOLATERIE SPEGELAERE

Site
Ezelstraat 94, Bruges
Horário de funcionamento: de terça a sábado, das 8h30 às 12h, fecha para o almoço e reabre das 13h30 às 18h30. De domingo das 9h às 13h.
Chocolates (e também rendas e cervejas) estão por todo lado em Bruges. Muitas delas focadas para o turismo e não são necessariamente da melhor qualidade.
Fomos na Chocolaterie Spegelare, um pouco afastada, menos turística e muito boa! Uma chocolateria tradicional, frequentada pelos moradores da cidade.

LOJA DESIGN GOUTS ET COULEURS

Site
Ezelstraat 16, Bruges
Horário de funcionamento: de terça a sábado das 10h30 às 18h

Fizemos uma pausa no passeio pelas ruas de 1300 e entramos numa loja de design linda, cheia de tentações, a Gouts et Couleurs. Eles tem móveis e muitos acessórios para interiores.

Perca a  Novela

 

DICA EXTRA

Fique atento, como em Amsterdam, as coisas em Bruges não funcionam de segunda, as lojas e museus ficam fechados. E no meio do dia a maioria das lojas, mesmo as turísticas, fecham para almoço.

Perca a Novela

Enfim…nós AMAMOS Bruges e esperamos poder voltar – de preferência numa estação mais quente :)

Leia Mais

bruges1

BRUGES – UMA VIAGEM NO TEMPO

Quem nunca sonhou em viajar no tempo?

Descobrimos que é possível! Numa manhã estávamos em 2015, em Amsterdam, 3 horas depois fomos parar numa versão limpinha e arrumada da Idade Média =D

Estávamos em Bruges (linda! linda! linda!!), na Bélgica! Ou Brugge na língua local (neerlandês).

Essa pequena cidade medieval floresceu graças a um canal que a conectava com o mar, permitindo um comércio direto com Inglaterra e Escandinávia. E já no século XIII era um centro comercial na Europa. No fim do Século XV Bruges tinha o dobro de habitantes de Londres!!!!! Sua riqueza era tanta que foi nessa cidade que surgiu a primeira bolsa de valores do mundo.

Não demorou muito para que ela se transformasse também num dos principais polos artísticos da época.

Porém, no início de 1500, o canal começou a ficar obstruído por lodo, isolando a cidade. Antuérpia logo tomou seu lugar como centro econômico.

Bruges se perdeu no tempo, foi “esquecida” e assim preservou as características da época. Por isso que em 2000 foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, por ser um “excelente exemplo de assentamento medieval”.

A cidade só foi “redescoberta” nos anos 1890, quando autores românticos passaram a escrever sobre ela.

A cidade não está mais parada, ela está viva, recebendo visitantes do mundo todo, sendo movida pelo turismo. E não é à toa, Bruges é um dos lugares mais bonitos e encantadores que já fomos na vida.

Hoje os limites da cidade se expandiram, mas a parte histórica se concentra numa pequena área cercada de canais. Pequena mesmo, dá pra andar por tudo! Atravessar o centro histórico de norte a sul a pé leva uns 35 minutos.

Ficamos uma noite na cidade e foi o suficiente; em dois dias vimos tudo o que queríamos, mas claro que sempre dá pra ficar mais!



COMO IR DE AMSTERDAM PRA BRUGES

A melhor maneira de chegar em Bruges é de trem. Saindo de Amsterdam, no trem rápido da Thalys, a viagem leva 3 horas (com uma parada na Antuérpia). As passagens podem ser compradas pelo site ou aplicativo da Reisplanner compania de trem dos Países Baixos.
Ida e volta custou 80 euros por pessoa, mas o preço muda dependendo do dia.

Perca a Novela



ONDE SE HOSPEDAR

Tem muitas opções de hotéis e pousadas em Bruges. Como não tínhamos muito tempo, fizemos uma opção nada típica ou charmosa, mas prática e barata. Ficamos no Ibis Budget que fica ao lado da estação de trem.

IBIS BUDGET BRUGGE CENTRUM

Site
Marie Popelinplantsoen, 4, Bruges
Valor da diária: 37,00 euros (para duas pessoas, sem café da manhã).

O Hotel segue o mesmo padrão e até decoração dos demais Ibis Budget do mundo. É simples, limpo e confortável. Ele fica a alguns passos de um mercado e da estação de trem. Eles tem uma sala onde a bagagem pode ficar guardada antes do check in e depois do check out, assim dá pra passear sem carregar peso. No fim do dia passamos lá para pegar as malas e fomos pra estação de trem.

ST CHRISTOPHER’S AT THE BAUHAUS

Site
Langestraat 133-137 , Bruges

Conhecemos umas meninas mexicanas que se hospedaram no albergue da rede St Christopher, é uma outra boa opção de baixo custo, e que ainda tem um bar no local!



O QUE FAZER

Se perder pelas ruas, pontes e canais e deixar essa cidade te surpreender em cada esquina é o melhor programa. Não importa onde vai chegar, aqui o caminho é o principal. Mas claro, que alguns pontos principais precisam fazer parte do passeio:


BEGIJNHOF

Perca a Novela

Antes de irmos viajar, lemos sobre Begijnhof, um conjunto de casas, fundadas em 1245, usadas por beatas da igreja. Hoje em dia funciona como um monastério. Os visitantes entram por uma ponte construída em 1776. Parecia bonito, mas apenas um jardim com casas. Só tínhamos dois dias, então não colocamos no roteiro…
Mas quando estavamos nos perdendo pelas ruazinhas vimos uma ponte bonita, com uma entrada, deu uma curiosidade de ver o que tinha do outro lado. Era fim do dia, o sol estava se pondo. Entramos e nos deparamos com uma cena que marcará nossas lembranças pra sempre. O sol passando por entre as árvores, num jardim rodeado por paralepípidos e antigas casas brancas. Begijnhof pareceu mesmo abençoado e nos presenteou com aquela luz. Se fosse 5 minutos depois teríamos perdido aquele espetáculo.

GROTE MARKT

Perca a Novela

O coração da cidade é a grande praça (Grote Markt), é lá que ficam as lindas casinhas coloridas, cartão postal de Bruges. Lá tem também o campanário (se quiser subir pra ter uma privilegiada vista da cidade basta encarar seus 366 degraus, e pagar 8 euros). Nessa praça tem uma camera de live stream, nós mandamos o link por whats app pra amigos e família e eles puderam assistir a gente na praça, muito mais divertido do que face time! Hahaha

IGREJA NOSSA SENHORA

Site
Mariastraat, 8000 Brugge, Belgium

Essa igreja tem uma torre enorme, de 122 metros. Uma parte interna estava sendo restaurada quando fomos, mas deu pra entrar e ver seu maior atrativo, uma escultura de Michelangelo, a “Madonna com a Criança”, de 1504. Foi esculpida para enfeitar a Catedral de Siena, na Itália, mas um patrono rico de Bruges a comprou.

Perca a Novela

DE HALVE MAAN

Site
Walplein 26, Bruges
Ingresso tour: 8 euros (inclui um chopp)
Horários de funcionamento: todos os dias das 11h as 16h (tem uma sessão extra aos sábados, as 17h).

Perca a Novela


Essa cervejaria “Meia Lua” é a única que restou dentro do centro histórico de Bruges, e eles tem muito orgulho disso. Eles estão no mesmo prédio desde sua abertura, há 150 anos. Dá pra fazer um tour guiado (muito mais autêntico do que a Heineken Experience de Amsterdam), passamos por toda a instalação, a parte moderna e a antiga, e de quebra ainda fomos até o terraço no telhado onde tem uma vista linda, mais baixa, mas mais aberta do que a do campanário. O tour pode ser feito em neerlandês, francês ou inglês. Para encerrar o passeio, um chopp da casa, é claro! (incluído no valor do ingresso). Nós compramos o ingresso on-line, antes de irmos viajar, mas também dá para comprar na hora.

Gostou? Então se inscreve no nosso canal e facebook, porque semana que vem tem mais dicas de Bruges!

Leia Mais